terça-feira, abril 04, 2006

Nomes feios

Todos gostaríamos que os nossos filhos, sobrinhos, netos, irmãos mais novos ou alunos predilectos lessem um pouco mais do que já têm de ler por obrigação, temperamento ou aprendizagem. E o que fazer quando eles lêem algo que não é suposto ler antes dos 18 anos? Como um bom dicionário, por exemplo. A Porto Editora tem nas lojas (e nas mãos das crianças) uma "nova edição" de dicionários académicos de bolso (capa azul) que é um verdadeiro achado. Diz que tem mais de 55 mil definições, mas talvez pudesse ter apenas 54 995. Bastava retirar uma definição da página 151 em que diz que c***lho é "s.m. (vulg) pénis" ou "interjeição indicativa de espanto, impaciência ou indignação". Na página 196, fica-se a saber que "c**a" é um substantivo feminino, "(vulg) vagina". E o que dizer do popular e insurrecto verbo da página 377: "F**er. 1. (vulg) Ter relações sexuais 2. (vulg) Prejudicar. F**a-se! Exclamação que exprime impaciência ou indignação". Será por causa disso que se trata de um dicionário de bolso? Esperemos que as crianças nunca chegum à página 657: "Prim***o-mi**stro: chefe de governo num sistema parlamentar". Isso sim, um nome feio.
Miguel Somsen in Metro (24/11/05)

6 comentários:

Andreia Ramos disse...

apoiado!fizeste-me dar uma valente gargalhada!beijinho!

papoilasaltitante disse...

LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL
Ainda estou a rir!!!
Bjs

Caracolinha disse...

ahahahahahahahahahahahah .... bom, MUITO BOM ...

Beijoca encaracolada :))))

Olga Matos disse...

Num habia nexexidade..loooooooooool
Tá excelente! :D

Seu grande filho dum pri***ro-min**tro!looooooooooool
(n é p ti Espanhol!!!;D)

Alien David Sousa disse...

Os meus parabéns a Porto Editora. Se as palavras são usadas no nosso dia-a-dia, porque não colocar a sua definição num dicionário?? Para mim faz todo o sentido...mas isto sou só eu.
Quanto ao primero-ministro, eles têm o direito de saber a definição de merda! Ou não?

Sossó disse...

e dp dizem k a educação do país vai de mal a pior..***